1995

NOSSA HISTÓRIA

Conheça a história da Cristais Paulista!

NOSSA HISTÓRIA

A exemplo do que aconteceu com muitas cidades da região, Cristais Paulista surgiu aos arredores de grandes plantações de café. A Villa dos Crystaes - vilarejo pertencente ao município e Comarca de Franca (SP) - começou a se formar por volta de 1895 em terras do fazendeiro Alexandre Vilela de Andrade, grande produtor cafeeiro da região. Em função da extensa área territorial da sua propriedade rural (margeada desde 1888 pelos trilhos da antiga estrada de ferro da Companhia de Trens Mogiana e que ligava o Porto de Santos/SP a região do Triangulo Mineiro/MG ), construiu uma enorme edificação para abrigar uma máquina de beneficiamento da produção agrícola de sua propriedade, servindo também aos vizinhos fazendeiros. Assim, aos poucos, surge um pequeno aglomerado de edificações nas proximidades dos trilhos da estrada de ferro e da estrada velha (lateral aos trilhos).


Em um contexto da política francana, sob os comandos do Partido Republicano Paulista (PRP), onde se inseriam vários moradores da Villa dos Crystaes, militantes do partido em pleno exercício de legislativos (vereança) o local ganha fórum de distrito mesmo com toda a ala do PRP francano tendo se posicionado contrariamente a sua elevação. O território é transformado em distrito de Crystaes no dia 28 de julho de 1910 por força da Lei Estadual 1.202. A elevação da Villa dos Crystaes a condição de distrito culmina com a necessidade de realização de mapeamento e planejamento urbanístico do local (trabalho este realizado pelo Engenheiro Agrônomo Luiz Rodrigues Nunes) e foi findado em maio de 1912 resultando assim no primeiro mapeamento urbano do local, com um traçado planejado em projeto que previa e permitia o avanço do crescimento ordenado da localidade. Ainda em 1912, atendendo a uma solicitação da Prefeitura Municipal de Franca, Alexandre Vilela de Andrade encaminha o mapeamento e faz constar neste as áreas que seriam doadas a municipalidade para expansão do distrito.